Ajorsul 2020 Conexões aponta tendências, reforça desafios e enaltece a presença no mundo digital

Publicado em: 19/10/2020

Especialistas abordaram diversos temas em palestras durante a Multifeira online promovida pela Associação do Comércio de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul (Ajorsul) em parceria com o Sindióptica/RS


Inovador, seguro, totalmente digital e rico em conteúdo, a Ajorsul 2020 Conexões reuniu uma série de especialistas, no "Espaço Conexões Lives", para falar do momento que o setor de joias, relógios e óptica enfrenta durante a pandemia da Covid-19. Com variados temas ao longo da  quinta-feira (15), o evento aproximou expositores e lojistas e apresentou as novas tendências do segmento, que está em constante variação e atualização.

Na primeira palestra do dia, "Óculos e Estilos", a jornalista, colecionadora e especialista no mercado óptico, Andrea Tavares, mostrou como as grandes marcas reinventaram seus desfiles durante a pandemia do coronavírus e como o novo cenário do mercado estabelece métricas renovadas na definição de qual óculos "combina" com o cliente na hora da venda.

"Antigamente, trabalhar formato de óculos e rosto era muito limitador. O tempo passou, a oferta evoluiu, hoje temos uma infinidade de óculos. O formato do rosto não define o formato dos óculos. Isso é um mito. Existe um universo muito mais estratégico e rentável. O rosto é como se fosse nossa impressão digital", salientou. "O profissional precisa ser influenciador, utilizando as redes sociais e os meios digitais. Não estou falando sobre "blogueirar", mas ser tão especialista em algo, que sua opinião influencia o cliente na hora da compra", acrescentou Andrea.

O segundo tema ficou a cargo do publicitário, Leonardo Treviso, que abordou a importância das fotografias dos produtos na hora da venda - algo que é ainda mais essencial quando o cliente chega, invariavelmente, pelo universo online.

"A foto precisa vender o produto. Hoje mais do que nunca. E tem que ser algo visual, sem qualquer tipo de explicação. O cliente olha e entende a razão de comprar ele. Aquele desejo, impulso. A prova viva deste novo momento é um evento como este, em que as imagens é que provocaram a realização de negócios", sintetizou Treviso. Segundo ele, existem três pilares básicos na hora de tirar o retrato perfeito dos produtos: "Qualidade, posicionamento e o tamanho, são coisas fundamentais na hora de fotografar, além de um indispensável olhar crítico".

Responsável pela palestra "Produto encalhado não existe", a especialista em neurociência e graduada em marketing, Andreza Leite, reiterou a importância do mental no momento de organizar seus negócios e administrar sua empresa.

"Muitas vezes, o produto encalha na nossa cabeça e não conseguimos ressignificar sua função. Por isto, é fundamental conhecer o público, observar suas ações. Algo que vejo como fundamental é na hora de reentender um produto é o storytelling. Produtos contam histórias. Coleções são sempre muito atrativas na hora de "desencalhar" peças do estoque", disse.

Leite reforçou que os lançamentos passam por quatro momentos - introdução, maturidade, crescimento e declínio - e cabe ao empresário compreender em qual fase o produto se encontra e como agir.

Os pilares do Branding e a relevância de trabalhar a gestão de marca em diferentes aspectos foi o assunto apresentado pela publicitária e diretora da DGNG - Design e Negócio, Marcia Croce, explicando que, com uma boa construção de valor da marca, as possibilidades são infinitas.

"Os produtos são criados na fábrica. As marcas são criadas na mente. A marca é muito maior que o produto. A marca é viva, tem sentimento, movimento, por isso criamos relação de amor e ódio, diferente do produto que é um objeto inanimado. É necessário explorar os sentidos, criando memórias e emoções para fortalecer essa relação. Quando alcançamos o branding na cabeça do consumidor, podemos vender tudo" enfatiza.

Marcia aconselha iniciar esse processo internamente e expandir ao público depois, primeiro contando a história da marca, missão, valores e objetivos para os colaboradores, de modo que todos tenham um alinhamento de ideias.

A quinta palestra do evento abordou a "loja do futuro" com o optometrista e empresário há mais de 20 anos no ramo óptico, Tiago Salvador. O palestrante sublinhou a importância de focar as vendas em experiências ao invés de apenas pensar no produto e deu dicas para melhorar as vendas no setor.

"Inclua seu cliente na história, fazendo ele entender o que é feito e explicando os detalhes como formato do rosto e linha dos cabelos. Traga o consumidor para situações reais do dia a dia, mostrando objetos como uma garrafa de vinho ou um pote de ervilha, demonstrando que ele pode ler os rótulos e realmente enxergar bem ainda dentro do seu ambiente e não deixando para realização do teste fora do estabelecimento. Cada cliente pode ter 7 estilos diferentes, é fundamental fazer ele entender todo conceito por trás da experiência do uso de óculos, tendo uma opção para o trabalho, outra mais casual e não focar em apenas uma única venda", recomenda.

Finalizando a programação de palestras, o diretor executivo e sócio da Blu, Luis Marinho, explanou sobre a tecnologia e as formas que ela impacta na economia 4.0. Apresentando exemplos de progressos presentes no cotidiano e pesquisas referentes aos hábitos de compra, ele relatou que, por conta de um novo paradigma possibilitado pela inovação como a coleta de dados, os clientes estão cada vez mais exigentes.

"O conceito de transformação está em toda parte, acontecendo diante dos nossos olhos. Nós não conseguimos compreender todo universo que estamos vivendo, mas a expectativa do cliente segue sempre em evolução. Ele está disposto a fornecer informações de consumo e espera algum tipo de benefício em troca, como a personalização em cada etapa do processo, agilidade ou adequação do serviço conforme suas necessidades", observa.

As atividades do "Espaço Conexões Lives" foram mediadas pela jornalista, Brunna Colossi. A Ajorsul 2020 Conexões segue até o dia 24 de outubro unindo expositores e lojistas com estandes 3D, 24h por dia.

As lives foram gravadas e estão disponíveis na plataforma do evento.