Os cuidados na contratação de seguro de mercadorias

Publicado em: 15/07/2020


Dicas Jurídicas

O segmento de joias, relógios e óptica, em virtude do valor das mercadorias e exploração de comércio direto a consumidores, é, infelizmente, muito visado no que se refere a ações criminosas.

Nesse contexto, contratar um seguro é extremamente importante para evitar dores de cabeça posteriores. Um dos primeiro cuidados a serem tomados é fazer a contratação via corretor de seguros devidamente habilitado junto à SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). Além da habilitação, importante analisar a carteira de clientes, a idoneidade financeira e o suporte que é oferecido.

Ademais, não basta que o corretor conheça seguros. É imprescindível que entenda as necessidades que o comerciante efetivamente possui. Nesse contexto, deve avaliar se as mercadorias ficam à mostra ao público, onde a loja está instalada, se há grande trânsito de pessoas, há disponibilização de cofre, ou seja, o corretor deve avaliar todas as informações da operação do comerciante para, somente assim, apresentar a melhor alternativa.

O último cuidado é fazer leitura muito adequada da apólice de seguros contratada. Deve-se analisar os termos da mesma em comparação ao acordado com o corretor, assim como a consulta a um advogado é muito importante para, caso necessária a utilização do seguro, surpresas não sejam constatadas, principalmente nas cláusulas de exclusão de cobertura.

Carolina Zenha Saraiva

Assessoria Jurídica

Ajorsul